Transporte coletivo de Mossoró reduz operação para três linhas

07/04/2020

Trata-se de mais uma medida no agravamento da crise que atinge o setor; faturamento da Cidade do Sol caiu 90% devido à pandemia do coronavírus

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Da Agência .COM

O transporte coletivo de Mossoró reduzirá ainda mais sua operação, em caráter emergencial. A partir desta quarta-feira (8), funcionarão a linha 2 (Abolições/Santa Delmira/Redenção), linha 5 (Vingt Rosado) e linha 7 (Nova Vida).

Os horários também serão reduzidos, em dias úteis e aos sábados - os quadros estão disponíveis em Cidade do Sol (Facebook) e @cidadedosoloficial (Instagram). A medida é mais uma resposta do sistema à redução de passageiros na crise do coronavírus.

Com as restrições impostas pela covid-19, o setor trabalha ainda mais no vermelho, adequando linhas e horários. O faturamento desabou 90%. Dos 35 ônibus da frota, nove estavam em circulação nos últimos dias. Com essa nova medida, serão três veículos em operação.

Emergência

Em nota, a Cidade do Sol, concessionária de ônibus urbano em Mossoró, justifica as medidas à queda da demanda, a fim de evitar a insolvência do segmento, que já vinha em crise. A empresa alerta para necessidade de providências urgentes, para evitar o colapso total.

É o caso da de isenção do Imposto Sobre Serviços (ISS), revisão do subsídio de tarifa de estudante; instituição de subsídio para idoso; criação de vale transporte para servidor público municipal; isenção de ICMS sobre combustível e criação do Programa Transporte Social.