OPINIÃO: “Salto alto” de Fátima em debate afugenta eleitores

Em tom muitas vezes desrespeitoso, senadora ocupou boa parte do tempo para atacar o adversário Carlos Eduardo

Foto: Pedro Vitorino
Foto: Pedro Vitorino

Chamou atenção no debate promovido pela InterTV Cabugi na noite desta quinta, 25, o "salto alto" da senadora Fátima Bezerra, candidata ao Governo do Rio Grande do Norte pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Em tom muitas vezes desrespeitoso, Fátima ocupou boa parte do seu tempo para atacar o adversário Carlos Eduardo (PDT).

A senadora classificou o ex-prefeito de Natal como falso, mentiroso e cínico, entre outras alcunhas. Na visão do Blog, a postura de Fátima afugentou eleitores que estavam indecisos e não condiz com uma candidata que lidera, até aqui, as pesquisas de intenções de voto.

Ainda no debate, Fátima não conseguiu explicar aos eleitores o porquê das obras de transposição do Rio São Francisco não terem chegado ao Rio Grande do Norte, apesar do longo período em que o seu partido esteve à frente do Governo Federal.

Carlos Eduardo lembrou que a candidata poderia ter usado a sua força política junto aos governos Lula/Dilma para garantir que o RN fosse contemplado com o projeto, já que ela está há praticamente 16 anos no Congresso Nacional.

Fátima também, quando questionada pela primeira vez no debate sobre o seu apoio à gestão do governador Robinson Faria, preferiu abordar uma outra temática, fugindo da pergunta direcionada pelo ex-prefeito de Natal.