Mossoró sediará maior evento de Ciência e Tecnologia do IFRN

Secitex será realizada entre os dias 16 e 18 de outubro, reunindo um público de aproximadamente 50 mil pessoas.

Foto: Maricelio Almeida
Foto: Maricelio Almeida

Da Assessoria/CMM

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) em Mossoró vai sediar a quinta edição da Semana de Ciências, Tecnologia e Extensão (SECITEX), nos dias 16 a 18 de outubro. O anúncio foi feito pelo diretor do IFRN Mossoró, Jailton Barbosa e pelo professor da instituição Alexandre Lopes, na Tribuna Popular da sessão ordinária da Câmara Municipal desta quarta-feira (14).

A Secitex é o maior evento realizado pelo Instituto Federal do RN e a cada ano uma cidade diferente é escolhida para realizar a programação. De acordo com Jailton Barbosa, cerca de 50 mil pessoas devem circular pelo evento, movimentando a economia da cidade. "Estudantes, professores e funcionários dos 22 IFRNs espalhados pelo estado vão participar da Semana e estas pessoas vão se hospedar, transitar e se alimentar em Mossoró. Certamente vai movimentar a economia local", explicou.

Diretor do IFRN Mossoró, Jailton Barbosa. Foto: Edilberto Barros/CMM
Diretor do IFRN Mossoró, Jailton Barbosa. Foto: Edilberto Barros/CMM

Parcerias

Para realizar o evento, o IFRN conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Mossoró, que vai ceder espaço no Teatro Municipal Dix-huit Rosado para as apresentações culturais e na Estação das Artes. "A Prefeitura também vai realizar a limpeza e manutenção desses locais durante o evento", afirmou o professor Alexandre.

Empresas também devem entrar como parceiras. "Já estamos com edital aberto para patrocínio de empresas. O evento é uma grande oportunidade para elas, pois além da grande circulação de pessoas, é um espaço para a apresentação de trabalhos que envolvem empreendedorismo e o desenvolvimento de produtos. Somente ano passado o IFRN patenteou 40 produtos e aplicativos", disse. O tema deste ano é a bioeconomia.

Exemplo

Entre os produtos desenvolvidos pelos estudantes do IFRN, o professor Alexandre destacou o protótipo de cadeira de rodas para costureiras com deficiência física. "Vendo o grande potencial têxtil da cidade, estudantes do IFRN Caicó desenvolveram uma cadeira que possibilita o acionamento da máquina de costura através do assento, possibilitando que costureiras cadeirantes possam trabalhar. Este é só um exemplo dos trabalhos que o IFRN realiza".

Professor Alexandre Lopes. Foto: Edilberto Barros/CMM
Professor Alexandre Lopes. Foto: Edilberto Barros/CMM

Já na área de robótica, que cresce a cada ano no mundo todo, a Secitex realiza uma competição científica onde estudantes desenvolvem robôs. E para incentivar o empreendedorismo, o evento, em parceria com o Sebrae, também faz uma competição entre todas as incubadoras dos IFRNs. "Uma oportunidade importante que dá visibilidade aos projetos das empresas júniors dos Institutos Federais do RN", disse.

Apoio da Câmara

A presidente da Câmara, vereadora Izabel Montenegro (MDB) elogiou o trabalho desenvolvido pelo IFRN no Estado e colocou a Câmara a disposição do evento. "Acho fantástico o serviço que os Institutos Federais prestam em todo o Brasil. Um ensino público, de qualidade. Sem dúvida, o evento pode contar com o apoio de todos os vereadores desta Casa", afirmou.