Guardas Municipais de Mossoró anunciam paralisação de advertência para quinta, 29

Servidores preparam ato público com início às 7h, saindo da Estação das Artes. Saiba quais são as reivindicações da categoria:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Por Maricelio Almeida

Guardas Civis Municipais de Mossoró anunciam para a próxima quinta-feira, 29, paralisação de advertência de 24h e realização de ato público, a partir das 7h, saindo da Estação das Artes em direção à Praça do Pax.

A categoria apresentou, por meio de ofício, uma pauta de reivindicações à gestão da prefeita Rosalba Ciarlini, entre elas reajuste salarial de 12%, pagamentos de valores atrasados de 2016, cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, retorno do pagamento das intrajornadas, regulamentação do porte de arma, auxílio fardamento, aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), entre outros.

Os servidores reivindicam ainda a revogação do atual Regimento Disciplinar Interno (RDI) e a troca do comandante Ricardo Godinho por um guarda de carreira, conforme determina a Lei Federal 13.022/2014.

Em nota, o Sindicato dos Guardas Municipais do Rio Grande do Norte (SINGUARDAS/RN) afirma que o ato público que será realizado em Mossoró se deve "ao total descaso por parte da chefe do Executivo municipal para com os servidores da Segurança Pública Municipal. Ao longo desses 15 meses de gestão da prefeita Rosalba Ciarlini nenhuma demanda dos guardas civis municipais de Mossoró foi efetivamente encaminhada", destaca o Sindicato.