Governo diz que pedido de afastamento de Robinson não procede

Em nota, o Governo do Estado afirma que a Procuradoria-Geral da República não emitiu juízo de valor em relação à reprovação de contas pelo TCE

Foto: Assecom/RN
Foto: Assecom/RN

O Governo do Rio Grande do Norte encaminhou nota à imprensa esclarecendo que não procede a informação, divulgada inicialmente pelo Portal NoAr, sobre o pedido de afastamento do governador Robinson Faria pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Conforme a nota, o que que ocorreu foi que o Ministério Público, com base na reprovação de contas indicada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), encaminhou pedido à PGR, e aquela Procuradoria apenas reencaminhou o pedido para a Assembleia Legislativa, sem emitir nenhum juízo de valor.