Governador da Paraíba anuncia concurso com mil vagas para Polícia Militar

Edital deve ser publicado no dia 23 de março. Ricardo Coutinho garantiu que pelo menos 500 aprovados serão contratados ainda esse ano

Foto: Francisco França
Foto: Francisco França

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, anunciou nesta segunda-feira, 5, a realização de mais um concurso público para a área da segurança. Serão oferecidas mil vagas para a Polícia Militar. O edital do concurso, trazendo todos os detalhes, deve ser publicado no próximo dia 23 de março, no Diário Oficial do Estado. O anúncio foi feito durante o programa Fala Governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara.

O governador garantiu que, entre os candidatos aprovados no concurso, 500 serão contratados ainda em 2018 e a outra parte será contratada no próximo ano. Ele ainda recordou que, nesta gestão, somente na área da segurança, 5.761 profissionais foram contratados através de concurso público. Somando todas as áreas, o número de concursados nomeados chega a mais de 14 mil.

"Esse é o Governo que mais investiu na profissionalização do serviço público e que mais contratou servidores concursados, na verdade ultrapassamos os 14 mil nomeados em diversas áreas. Especificamente na área da segurança foram 2.241 nomeados para a Polícia Militar, 256 para o Corpo de Bombeiros, 980 para a Polícia Civil e 2.284 agentes penitenciários", afirmou Ricardo Coutinho.

O governador acrescentou que a ação faz parte de um grande planejamento dentro da política pública de segurança que tem trazido para o Estado e para a população indicadores positivos, "por isso é com muita honra que anuncio a realização de mais um concurso público. A segurança na Paraíba também é prioridade", pontuou.

O concurso mais recente realizado pelo Governo do Estado ofertou mil vagas para o magistério e contou com mais de 28 mil inscritos. Todos os aprovados foram empossados pelo governador Ricardo Coutinho no dia 5 de fevereiro, em solenidade realizada no Espaço Cultural, em João Pessoa, e já estão nas salas de aula da rede estadual de ensino.

Com informações da Secom/PB