Empresários firmam apoio a Kadu e defendem desenvolvimento de Mossoró e região

Encontro entre representantes da classe produtiva e o candidato a vice-governador aconteceu nesta quarta, 17. 

Foto: Cedida
Foto: Cedida

Nesta quarta-feira, 17, o candidato a vice-governador do Rio Grande do Norte na chapa de Carlos Eduardo, Kadu Ciarlini, esteve reunido com a classe empresarial de Mossoró. Durante o encontro, foi firmado um pacto com os empresários pelo desenvolvimento da cidade e região.

"A gente chega em um momento da campanha onde precisamos decidir o que é melhor para a nossa região. Precisamos ter representação no próximo Governo e com Carlos Eduardo teremos um vice-governador de Mossoró, defendendo os nossos interesses", afirmou Kadu aos empresários.

O candidato lembrou que a vice-governadoria terá um gabinete em Mossoró, e que isso vai permitir um maior acesso da classe empresarial ao Governo, trazendo projetos e apresentando novas oportunidades de desenvolvimento. "Vou citar como exemplo essa insegurança que temos hoje em dia. Se algum empresário trouxer alguma proposta para melhorar a segurança no comércio, certamente ela chegará em Natal com mais facilidade e rapidez. O mesmo será feito em todas as outras áreas do nosso Governo", disse Kadu.

Entre as propostas, os empresários destacaram a importância de uma maior atenção para o setor salineiro. Nesse ponto, Kadu disparou que terá total atenção a esse segmento produtivo, "amplamente perseguido pelo PT, por meio do IBAMA, que chegou a aplicar multas milionárias e a determinar a redução das áreas das salinas em até 40%", pontuou o candidato.

Por fim, Kadu destacou que assim que Carlos Eduardo assumir o Governo do Estado a primeira medida será a redução da máquina pública. "Precisamos recuperar a capacidade de investimento do Rio Grande do Norte, encaixando as despesas dentro da receita, pois assim vamos voltar a crescer".

A conversa com os empresários ganhou um tom político durante várias falas. Em uma delas o diretor da construtora WSC, Weber Siqueira, afirmou: "a minha motivação para vir para essa reunião é para saber o que podemos fazer para o PT não assumir o Estado".

Ao final toda a classe produtiva se reuniu para uma foto, firmando um compromisso da classe empresarial e todo o segmento produtivo de Mossoró com Carlos Eduardo e Kadu, que aproveitou para lembrar aos empresários que o diálogo começa agora, durante a eleição, não quando já estiverem no Governo.

Com informações da Assessoria