Dia D: mais de 40 UBSs estarão abertas neste sábado para vacinação contra Influenza

Das 8h às 17h todas as 32 UBSs da zona urbana e oito postos extras vão estar abertos; na zona rural a imunização acontece das 8h às 12h em três unidades.

Foto: Secom/PMM
Foto: Secom/PMM

Da Secom/PMM

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Mossoró vai abrir neste sábado (04), durante o Dia D de vacinação contra Influenza, 43 postos de vacinação espalhados pela cidade para imunizar os indivíduos que estão dentro dos públicos-alvo da 21ª Campanha Nacional contra Influenza. Das 8h às 17h todas as 32 Unidades Básicas de Saúde da zona urbana mais oito postos extras de vacinação vão estar abertos aos grupos-prioritários. Na zona rural a imunização vai ocorrer das 8h às 12h em três Unidades de Saúde.

As UBSs da zona rural que vão abrir neste sábado são a UBS Izabel Bezerra de Araújo (Comunidade do Jucuri) que também vai receber a 6ª edição do projeto Família em Foco, UBS Francisco Neto da Luz (Comunidade Riacho Grande) e UBS Luiza Vanessa (Comunidade da Maisa).

Os postos extras de vacinação foram escolhidos de modo que pudesse oportunizar mais comodidade e atender às áreas mais distantes das UBSs. Os postos extras são no bairro Abolição V, Partagem Shopping (10h às 17h), Cidade Oeste, Rotary Club, SESI Clube, Nova Mossoró, Conjuntos Wilson Rosado e Odete Rosado. Os postos extras vão funcionar das 8h às 17h, exceto o Partagem Shopping.

Segundo o Ministério Saúde (MS), são em média 82.707 pessoas na cidade dentro dos grupos prioritários que devem receber a vacina que protege contra a influenza A/H1N1pdm09, A/H3N2 e influenza B. Os públicos-alvo são crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto); indivíduos com 60 anos ou mais de idade; trabalhadores da saúde; professores de escolas públicas e privadas; grupos de pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; povos indígenas; população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

A cidade de Mossoró vem desempenhando um papel importante para ajudar a elevar os índices de cobertura vacinal da influenza no Estado, e até nacional, porque vem ultrapassando desde o ano de 2017 a meta mínima de 90% de cobertura antes mesmo dos fins das campanhas. A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde e Setor de Imunizações, continua trabalhando para que neste ano o público-alvo também seja vacinado antes do fim campanha.