Desabamento de camarote marca primeira noite de shows do Mossoró Cidade Junina

Acidente deixou feridos e reacendeu o alerta sobre problemas na organização do maior evento festivo da cidade.

Foto: Redes Sociais
Foto: Redes Sociais

Por Maricelio Almeida

A temporada de shows do Mossoró Cidade Junina, Polo Estação das Artes, foi aberta na noite desta quinta-feira, 7, com a presença de Xand Avião, que precisou interromper a apresentação poucos minutos após o seu início devido ao desabamento da estrutura do camarote da TCM/Futebol Bets. O acidente deixou feridos e reacendeu o alerta sobre problemas na organização do maior evento festivo da cidade.

Era por volta das 0h20 quando Xand, que cantava um dos seus maiores sucessos, "Inquilina", parou o show e avisou o público que o camarote estava cedendo. No momento, sem perceber a gravidade do ocorrido, o artista até brincou, afirmando que preferia o chão aos disputados camarotes.

A TV Cabo Mossoró, emissora oficial do Cidade Junina, interrompeu a transmissão poucos segundos após o acidente. O show foi retomado, mas nenhuma informação foi divulgada, naquele momento, pela TCM. Instantaneamente, começaram a circular nas redes sociais vídeos do corre corre no camarote desabado e de pessoas sendo atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Não há registros de feridos graves.

Foto: Redes Sociais
Foto: Redes Sociais

Na madrugada, a Prefeitura de Mossoró emitiu nota (confira na íntegra mais abaixo) afirmando que não possui "responsabilidade sobre a montagem e exploração do camarote privado", mas vai "exigir da empresa responsável explicações e providências que garantam a segurança e evitem qualquer possibilidade de risco desta estrutura particular do evento".

Na manhã desta sexta, 8, foi a vez da TCM se pronunciar oficialmente. Em nota (leia na íntegra mais abaixo), a emissora explica que não é a proprietária do camarote que desabou: "O Grupo adquiriu o direito de realizar ali ações de exposição de sua marca, recebendo da empresa vencedora da licitação para montagem e exploração do camarote toda a estrutura pronta".

A TCM ainda acrescentou que independentemente de culpa ou responsabilidades, entende que o momento é de acompanhar o estado das vítimas, "o que o Grupo TCM está fazendo", destaca o comunicado.

Confira as notas emitidas pela Prefeitura de Mossoró e pelo Grupo TCM

Prefeitura de Mossoró:

"A Prefeitura de Mossoró lamenta o acidente ocorrido na noite desta quinta (07) em camarote privado, durante show do cantor Xand Avião, e aciona os órgãos fiscalizadores para apuração das causas do desabamento de parte da estrutura.

O Município informa que os atendimentos foram realizados emergencialmente pelo SAMU e Comunidade de Saúde, que está de plantão para o evento, com o auxílio de brigadistas contratados para o Mossoró Cidade Junina. O Corpo de Bombeiros também realizou os procedimentos no local, auxiliando na evacuação do espaço.

As primeiras informações são de que as poucas pessoas envolvidas no acidente tiveram ferimentos leves.

A Prefeitura não tem responsabilidade sobre a montagem e exploração do camarote privado, mas vai exigir da empresa responsável explicações e providências que garantam a segurança e evitem qualquer possibilidade de risco desta estrutura particular no evento".

Grupo TCM:

"Diante do ocorrido na madrugada desta sexta-feira, 08 de junho de 2018, com parte da estrutura de um dos camarotes do Mossoró Cidade Junina, a TV Cabo Mossoró lamenta o ocorrido, solidariza-se com as vítimas e traz esclarecimentos pertinentes:

1 - O Grupo TCM não é proprietário do camarote. O Grupo adquiriu o direito de realizar ali ações de exposição de sua marca, recebendo da empresa vencedora da licitação para montagem e exploração do camarote toda a estrutura pronta;

2 - Inclusive, no camarote, a comercialização de senhas/acessos é de responsabilidade da empresa vencedora da licitação para exploração do camarote;

3 - O Grupo TCM informa que, ao firmar o patrocínio com a empresa proprietária do camarote, certificou-se que o mesmo estava devidamente liberado pelo Corpo de Bombeiros;

4 - O Grupo TCM participa ativamente da promoção de eventos na região Oeste do Estado, seja por meio de patrocínio, divulgação, cobertura e espaço de mídia. Esta prática não é diferente com o Mossoró Cidade Junina, um dos mais expressivos eventos do Estado;

5 - Independentemente de culpa ou responsabilidades, entendemos que o momento é de acompanhar o estado das vítimas, o que o Grupo TCM está fazendo. Em paralelo, o Grupo TCM se compromete em acompanhar as apurações deste incidente e manter o público informado, como sempre tem feito ao longo dos seus 15 anos,

A Direção".