Coronel do Exército deixa comando da Guarda Civil de Mossoró

Ricardo Godinho foi exonerado, a pedido, na última sexta-feira, 6. Prefeitura ainda não anunciou substituto

Foto: Secom/PMM
Foto: Secom/PMM

Por Maricelio Almeida

O coronel da reserva do Exército Brasileiro José Ricardo Godinho Rodrigues não é mais o comandante da Guarda Civil Municipal de Mossoró. Sua exoneração, a pedido, foi publicada na edição da última sexta-feira, 6, do Jornal Oficial de Mossoró (JOM).

Godinho estava à frente da Guarda Civil desde o dia 17 de janeiro de 2017. Sua nomeação gerou polêmica, uma vez que a Lei Federal nº 13.022/2014, que instituiu o Estatuto Geral das Guardas Municipais, estabeleceu que os cargos em comissão das guardas municipais deverão ser providos por membros efetivos do quadro de carreira do órgão ou entidade.

Mesmo pressionada pela categoria, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) manteve o coronel no posto. Com a exoneração, Godinho está apto a ser candidato nas eleições gerais deste ano. O ex-comandante, no entanto, não declarou até o momento o desejo de disputar o pleito.

A Prefeitura de Mossoró ainda não anunciou quem assumirá o lugar do coronel.

LEIA TAMBÉM:

Ex-comandante do Corpo de Bombeiros do RN assume Secretaria de Segurança de Mossoró