Carnaval de Apodi movimenta mais de R$ 5 milhões, aponta pesquisa realizada pela Uern

Conforme o levantamento, evento gerou este ano 483 empregos informais, atraindo um público superior a 82 mil pessoas.

Foto: Josemário Alves
Foto: Josemário Alves

Da Agecom/Uern

A viabilidade econômica do carnaval de Apodi, um dos mais famosos da região Oeste, foi comprovada em pesquisa realizada por professores e alunos da Faculdade de Ciências Econômicas da UERN (FACEM/UERN). O evento movimentou, este ano, R$ 5.080.000,00 e gerou 483 empregos informais, atraindo um público superior a 82 mil pessoas. Outro dado que chama a atenção é a aprovação do esquema de segurança por 88% dos entrevistados.

Na manhã da última sexta-feira, 2, o relatório da pesquisa foi entregue oficialmente ao prefeito Alan Silveira, vice-prefeita Hortência Regalado e sua equipe, pelo reitor Pedro Fernandes, o coordenador da pesquisa, professor Leovigildo Cavalcanti, a aluna Thayná Rodrigues e pela diretora da FACEM, professora Genivalda Cordeiro, dentre outros.

Foto: Agecom/Uern
Foto: Agecom/Uern

O reitor Pedro Fernandes agradeceu a confiança da Prefeitura de Apodi. "Uma pesquisa como essa contribui com a formação e inserção social da Universidade", comentou Pedro Fernandes.

Atuaram na pesquisa 13 estudantes e dois professores coordenadores. Além de apresentar em dados o impacto econômico do carnaval, os coordenadores do levantamento aconselharam algumas medidas que podem contribuir com o crescimento do evento: "É importante trabalhar em três frentes: turismo, economia e comunicação. Quanto antes vocês divulgarem a programação melhor, assim, a rede hoteleira vai ser impulsionada", afirmou Leovigildo.

"Fico feliz com o resultado. O estudo demonstra que o carnaval é viável para o município de Apodi. Com esse documento em mãos podemos trabalhar junto com a Câmara Municipal e captar recursos para o próximo ano", afirmou o prefeito Alan Silveira, ressaltando que os dados serão apresentados durante audiência pública a ser agendada na Câmara Municipal de Apodi.