Carlos Eduardo termina primeiro turno com 37.243 votos em Mossoró

No início da campanha, pesquisas apontavam candidato pedetista com apenas 5,2% das intenções de voto na cidade; ele alcançou 34,36%

A chapa Carlos Eduardo/Kadu Ciarlini encerrou o primeiro turno contabilizando 37.243 votos em Mossoró, uma diferença de apenas 8,66% em relação à senadora Fátima Bezerra (PT), que totalizou 46.634.

Os números comprovam que o apoio da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) foi decisivo para o crescimento de Carlos Eduardo na cidade. Se analisarmos as pesquisas feitas pouco antes do início da campanha, constatamos, a partir do resultado oficial, a ascensão do ex-prefeito de Natal no segundo maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte.

Levantando divulgado pelo Instituto SETA/Blog do BG no dia 15 de julho, quando o apoio de Rosalba a Carlos Eduardo ainda não havia sido oficializado, mostrava a senadora Fátima com 24% das intenções de voto em Mossoró, seguida do governador Robinson Faria, com 12,2%. Carlos ocupava a terceira colocação, com 5,2% da preferência do eleitorado local.

A prefeita Rosalba declarou formalmente seu apoio a Carlos Eduardo em 18 de julho. Desde então, passou a conduzir pessoalmente a campanha do pedetista na cidade, ao lado do filho, Kadu Ciarlini, candidato a vice-governador. Abertas as urnas, a força da gestora, considerada a maior eleitora do município, se confirmou.

Rosalba conseguiu ampliar, de maneira expressiva, a votação da chapa Carlos Eduardo/Kadu na cidade. Com 174.189 eleitores, Mossoró será decisiva no segundo turno. A importância de Rosalba no pleito não deve ser menosprezada.